Após fala do deputado Júnior Araújo, prefeitura de Cajazeiras admite atraso nos salários dos funcionários

12 ago 2023 - Paraíba / Política

Deputado estadual Júnior Araújo (PSB) — Foto: Edcarlos Santana

Durante toda a semana servidores da prefeitura de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, reclamaram dos salários atrasados. Após declarações feitas pelo deputado estadual Júnior Araújo (PSB), a prefeitura Municipal admitiu por meio de nota o atraso nos salários de parte dos funcionários.

O pagamento de julho deveria ter sido feito no início deste mês de agosto. A gestão atual afirmou que, na última sexta-feira (11), foi realizado o pagamento referente a julho quanto aos funcionários efetivos, excluindo do pagamento algumas categorias, além de funcionários comissionados e contratados, confirmando a informação de atraso repassada pelo deputado Júnior Araújo.

“É uma ineficiência de alto grau nos mais diversos âmbitos, sendo absolutamente inaceitável que os servidores estejam com seus salários atrasados. As denúncias que recebo diariamente apontam para má gestão que causa enormes prejuízos para a população e até para o comércio local. Esta prática, que se tornou uma triste rotina, vem demonstrando a falta de competência e de planejamento. Enquanto as cidades vizinhas já conseguiram quitar os vencimentos dos servidores antes mesmo do mês terminar, honrando seus compromissos em sua totalidade. É algo revoltante. Quem acaba sendo penalizado é a população, por isso não devem se esquecer desse presente de grego para Cajazeiras”, alertou Júnior Araújo.

Em nota a prefeitura alega que os atrasos se dão por causa da queda de 20% do Fundo de Participação Municipal (FPM), por isso houve o retardamento no pagamento dos seus servidores e também de vários fornecedores.

Segundo o deputado Júnior Araújo, tais alegações são descabidas já que municípios como Sousa, Monte Horebe, São José de Piranhas já estão pagando a folha salarial de seus funcionários desde agosto. Júnior ainda afirma que o FPM também obteve queda para estes municípios, então fica claro que o problema está no modelo de gestão empregado em Cajazeiras, sem planejamento e organização.

Assessoria de Comunicação

Acompanhe as notícias do POVOPB pelas redes sociais: Instagram e Twitter.

Verified by ExactMetrics