Aprovado projeto de Michel Henrique que prioriza atendimento psicossocial para mães de filhos com Transtorno do Espectro Autista

15 ago 2023 - Paraíba / Política

Michel Henrique (Republicanos)— Foto: Edcarlos Santana/ALPB

Em sessão na Assembleia Legislativa da Paraíba nesta terça-feira (15), foi aprovado o projeto de lei do deputado Michel Henrique (Republicanos), que prevê prioridade de atendimento psicossocial no Sistema Único de Saúde (SUS) às mães que se dedicam integralmente ao cuidado de filhos com transtorno do espectro autista (TEA).

O intuito do projeto é assegurar prioridade no atendimento a essas mulheres, que muitas vezes se dedicam exclusivamente ao cuidado de seus filhos e, em muitos casos, acabam negligenciando sua própria saúde e bem-estar. Estudos já comprovaram o profundo impacto mental e físico sofrido por elas, mostrando que muitas têm suas rotinas inteiramente definidas pelas necessidades de cuidado do filho autista.

“O apoio psicológico é essencial para que essas mães possam enfrentar a exaustão do dia a dia, desafios com uma sociedade que frequentemente as exclui e também para perceberem a importância de cuidar de si mesmas”, afirmou Michel Henrique.

A legislação aborda ainda um ponto crucial: a desigualdade de gênero ainda existente no âmbito laboral. Em muitos casos, as mães são as que abandonam seus empregos para se dedicar ao cuidado dos filhos, na maioria devido a disparidades salariais de gênero.

Finalmente, a proposta reitera a necessidade urgente de cuidar daqueles que cuidam. Assegurar o bem-estar dessas mães é fundamental, não apenas pelo seu próprio direito, mas também porque seu bem-estar tem um impacto direto na qualidade do cuidado que elas podem proporcionar a seus filhos.

Em suma, esta é uma iniciativa louvável que visa oferecer suporte àquelas que frequentemente estão nas linhas de frente do cuidado, mas que muitas vezes são esquecidas ou negligenciadas por sistemas de saúde sobrecarregados. Espera-se agora que, com o apoio dos colegas do deputado Michel Henrique, o projeto seja efetivamente implementado e faça a diferença na vida dessas mães e, por consequência, de seus filhos.

Acompanhe as notícias do POVOPB pelas redes sociais: Instagram e Twitter.

Verified by ExactMetrics