Jovem é obrigado a gravar vídeo falando motivo de ser assassinado na Paraíba

18 ago 2023 - Paraíba

Sirene, polícia, giroflex, viatura — Foto: Edcarlos Santana/OPovoPB

Um jovem foi assassinado a tiros, no final da tarde desta quinta-feira (17), em Cabedelo, na Grande João Pessoa. O crime ocorreu em uma comunidade conhecida como ‘Taliban’ no bairro do Jacaré.

Antes do homicídio, a vítima foi obrigada a gravar um vídeo dizendo supostamente o motivo do assassinato. “Eu não disse que não dava certo montanha de pontiar  os caras estão fortão. Monitorado de ponta-a-ponta”, diz na gravação.  No jargão policial, “pontiar” seria uma pessoa que estaria  dedurando alguém.

O homem foi  atingido com quatro disparos de arma de fogo, sendo dois deles na cabeça. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas chegando o local ele já estava sem vida.

A Polícia Militar isolou a área até a chegada da Perícia e da Polícia Civil que investigará o caso. O motivo e a autoria do homicídio ainda não foram divulgados.

Acompanhe as notícias do POVOPB pelas redes sociais: Instagram e Twitter.

Verified by ExactMetrics