Suspeita de colaborar em assalto a casa lotérica em Campina Grande é presa

10 jan 2024 - Paraíba

Suspeita de colaborar em assalto a casa lotérica em Campina Grande é presa — Foto: Reprodução

Na última terça-feira (9), uma mulher de 48 anos se entregou à Polícia Civil, presa sob suspeita de facilitar a entrada de criminosos para um assalto ocorrido em 12 de dezembro em uma casa lotérica no bairro Cruzeiro, zona sul de Campina Grande, Agreste da Paraíba.

No dia do crime, dois homens, de capacetes, invadiram a casa lotérica e anunciaram o assalto, capturado pelas câmeras de segurança do local. Enquanto um dos criminosos dirigia-se aos caixas, o outro rendia os clientes. Uma mulher, assustada, chegou a se agachar com uma criança. Logo depois, a dupla saiu carregando uma mochila e outro pacote preto, levando quase R$ 70 mil.

A delegada Elizabeth Beckman, responsável pela investigação, afirmou que os funcionários testemunharam que a mulher desrespeitou as normas de segurança ao permitir a entrada dos criminosos na lotérica.

“Os funcionários apontaram para a mulher ‘não, não abra’, mas ela foi contra as normas de segurança e abriu a porta. A partir disso, ela passou a ser considerada suspeita. Ela admitiu ter ido contra as normas da empresa, mas negou participação no crime”, explicou a delegada.

A mulher, ex-funcionária da lotérica, estava foragida e se entregou à Polícia Civil. Encaminhada ao presídio feminino de Campina Grande, aguarda audiência de custódia.

Segundo informações da Polícia Civil, ela seria a terceira pessoa presa de um grupo responsável por roubos a casas lotéricas, que também utilizava material combustível para amedrontar os funcionários.

Um dos homens suspeitos do assalto foi detido no dia do crime, com a recuperação de R$ 25 mil do montante roubado. O segundo suspeito foi preso em 28 de dezembro e indicou a participação da mulher na ação.

O Povo PB

Acompanhe as notícias do POVOPB pelas redes sociais: Instagram e Twitter.

Verified by ExactMetrics